You are currently browsing the category archive for the ‘Artigos’ category.

Foi no passado mês de Novembro que obtive a graduação de 4º Dan em Karate Jutsu e o título de Renshi pela International Budo Union (IBU).

Adicionalmente integro a Academia Portuguesa de Budo, como um dos responsáveis técnicos pela disciplina de Karate Jutsu.

Este reconhecimento é um novo desafio e uma responsabilidade no caminho do estudo do Karate tradicional de Okinawa.

Quero agradecer aos meus alunos, que diariamente me estimulam e lançam desafios, ao Sensei Paulo Oliveira e ao Mestre Luis Fernando por todo o apoio, partilha e confiança.

Mário Magalhães.

Após várias reflexões, algumas das quais partilhei em alguns artigos deste sítio, decidi que a minha prática de karate tinha de mudar de rumo.

A conclusão que cheguei foi que o karate que pratico e ensino esta definitivamente conotado com a sigla jutsu. Essa sigla remete para o sistema de treino original de Okinawa antes das massificações que esta arte marcial sofreu.

Não represento nada nem sou a fonte desse karate, apenas investigo sobre ele, treino-o e transmito-o. Não tenho pretenções de representação ou fundação de organismos, apenas me interessa a sua prática e investigação.

Assim, para mim deixa de fazer sentido argumentos estilistas e limitações técnicas. O karate é uno.

Oportunamente irei elaborar alguns artigos sobre este novo caminho, que apesar de árduo é, para mim, extremamente estimulante.

Não quero de modo algum criticar ou lançar discussões sobre o Karate-Do. Um caminho diferente não é um crítica, mas sim uma abordagem própria e uma auto-reflexão sobre o que se pratica e o que faz sentido. Esta foi a razão da génese desta mudança.

Quero deixar um abraço a todos os que lerem este artigo e os desejos de uma boa época.

Mário Magalhães

do

jutsu

O que me leva a escrever este artigo emana de uma preocupação sobre o actual panorama do karate internacional. Esta é provavelmente a arte marcial mais praticada no mundo e teve nos poucos anos da sua existência, contando apenas com a actual denominação, uma expansão extraordinária e verdadeiramente notável. Leia o resto deste artigo »

Todos temos curiosidade e expectativa em ver grandes mestres da nossa arte, independentemente do estilo, em pura acção. Além de constituir uma referência permite, para os mais pertinentes, apreender certos pormenores e conceitos que estão para além do que superficialmente se mostra.

Nesse sentido, decidi fazer uma coletânea de vídeos, sobre alguns mestres de referência, que serão divididos por estilo.

Este é um artigo dinâmico e sendo assim, se alguns dos leitores tiver sugestão de outros vídeos, será muito bem recebido. Leia o resto deste artigo »

Vai-se iniciar uma nova época desportiva! O recarregar de energias, o elaborar de novos projectos e a vontade de treinar caracterizam o iniciar de um novo ciclo que se pretende preenchido de novas e salutares experiências que permitem enriquecer o praticante.

Caminhamos com esforço e dignidade num espirito de entre-ajuda e auto-conhecimento. Este é o verdadeiro cerne do Karate. 

Conto convosco, praticantes, amigos e simpatizantes, para juntos subirmos mais um degrau e ultrapassar mais uma etapa. Juntos seremos muitos e numa só voz, num só gesto poderemos mudar o Mundo.

Mário Magalhães

O karate é uma arte marcial que utiliza e potencia determinadas partes do nosso corpo com o objectivo de neutralizar o adversário com rapidez e eficácia.

São dessas zonas que vamos tratar neste artigo. Ao descreve-las pretende-se unificar e sistematizar as aréas do nosso corpo que desde os primordios das artes marciais são utilizadas para trazer uma vantagem combativa a quem as utiliza.

Leia o resto deste artigo »

Quando se fala em estilo Shito-Ryu é provável que na mente de muitos surja o nome do seu fundador, Kenwa Mabuni , e também que é um estilo com várias correntes e linhas, que apesar das diferenças, são na essência semelhantes.

A origem de muitas destas linhas advém da 2ª geração do estilo Shito-Ryu. Sendo a 1ª, obviamente, representada pelo seu fundador.

Vou, neste artigo, tentar abordar de uma forma histórica e isenta o papel de 5 grandes Mestres da segunda geração deste estilo bem como uma reflexão final sobre o seu papel no Shito- Ryu actual. São eles: Leia o resto deste artigo »

Este é oficialmente o primeiro “post” escrito neste Blog.
Os nossos objectivos são por um lado fornecer informação sobre o nosso grupo de escolas e as suas actividades e por outro publicar artigos sobre determinados aspectos desta nobre arte que é o Karate-Do.
A criação de artigos é baseados numa investigação aprofundada e criteriosa sobre vários temas desta arte marcial e vai preencher, no nosso entender, uma lacuna existente quando se pretende conhecer a fundo certos temas que de uma maneira ou de outra tornam enigmática esta arte marcial.
Não pretendemos fomentar discórdias ou clivagens mas sim permitir a unificação, tendo sempre presente que da diversidade surge a riqueza.
Somos abertos a comentários e opiniões desde que tenham uma base construtiva.
Aproveitando a época que atravessamos desejo a todos os nossos ciber-leitores um Santo Natal e um Ano de 2008 cheio de sucessos.
Mário Magalhães